Muros cabanas

You are here:

As evidências de estruturas de tipo cabana são relativamente escassas nos Perdigões. As poucas até agora identificadas são calcolíticas e situam-se na área central, correspondendo a dois tipos: estruturas semi-circulares ou ovaladas definidas por pequenos sulcos escavados na rocha (com calços de postes no interior) podendo ter poste central (primeira metade do 3º milénio AC); estruturas circulares com embasamento de pedra e paredes em terra (meados do 3º milénio AC). Estas últimas podem estar ligadas por muros de pedra. Várias foram parcialmente desmontadas em época calcolítica, em momento não muito distante do da sua construção.

Principais Referências Bibliográficas:

VALERA, A.C., BASÍLIO, A.C. (2017), “Approaching Bell Beakers at Perdigões enclosures (South Portugal): site, local and regional scales”, In Gonçalves, V.S. (ed.): Sinos e vasos. Junto ao oceano e mais longe. Aspectos da presença Campaniforme na Península Ibérica. Estudos & Memórias, 10, p. 40-55.

https://www.academia.edu/35985210/Approaching_Bell_Beakers_at_Perdig%C3%B5es_enclosures_South_Portugal_site_local_and_regional_scales